domingo, 31 de julho de 2016

VÁRIOS - (2016) OURO DE CORNO (DIA DO GARIMPEIRO)

No dia 21 de julho, o Brasil celebra o "Dia do Garimpeiro", uma justa homenagem a aqueles que se dedicam a descobrir as riquezas naturais deste país e que muito contribuíram por ainda existir o "amarelo" da bandeira tupiniquim. Se este país não comemora o dia ou celebram esses nobres trabalhadores como deveria, haveria de fazer sua mea culpa e colocaria de vez este dia nas principais celebrações anuais. O blogue MÚSICA DAS ANTIGAS, como porta-voz de uma classe, faz a sua parte...

Há tempos, gostaríamos de montar a presente coletânea, como forma de agradecimento a esses grandes trabalhadores, herois brasileiros, e público seleto, leitor de nosso blogue. Então, aí está: da nossa maneira, uma singela coletânea-homenagem aos garimpeiros; uma compilação mista de grandes nomes consagrados da legítima MPB e de artistas anônimos da era youtube, peneirados com todo o cuidado... E o respeito que os garimpeiros brasileiros sempre mereceram!

Feliz dia do Garimpeiro!


Faixas:

01 Júlio Nascimento - Leidiane
02 Sandro Lucio - Canção Do Garimpeiro
03 Demar Borges - Eu Sou Um Garimpeiro
04 Amilton Ramos - Garimpeiro
05 Júlio Nascimento - Garimpeiro
06 Geraldo Rossi -  Paixão De Garimpeiro
07 Waldick Soriano - Garimpeiro
08 Maurício Reis - O Garimpeiro
09 Odair José - O Garimpeiro
10 Moacyr Franco - O Garimpeiro
11 Júlio Nascimento - Chegada Do Garimpo
12 Rita Cadillac - Eu Vou Pra Serra Pelada
13 Graça Barreto - Serra A Pelada
14 Eldon Brito - Garimpeiro Apaixonado
15 Júlio Nascimento - Lembranças Do Garimpo
16 Amilton Ramos - Brasil Do Ouro
17 Edigar Mão Branca - Garimpeiro Da Sorte
18 Zenilton - A Moça Do Garimpo
19 Zé Capoeira & Os Meninos Do Nordeste - Serra Pelada
20 Roberto Villar - Aventureiro Garimpeiro
21 Júlio Nascimento - Linda Garimpeira
22 Netin Nascimento - Fui Ao Garimpo
23 Mario Sampaio - Garimpeiro Sofredor
24 Cléo Soares - Ouro E Paixão
25 Paulo Paradela - Hino Nacional Do Garimpeiro Brasileiro


VÁRIOS - (2016) CABINE COMPRIDA (DIA DO MOTORISTA)

Em 25 de julho, homenageamos aqueles que fazem essa economia brasileira movimentar-se. Literalmente! No "Dia do Motorista", a gente lembra e celebra todos aqueles trabalhadores que, por trás de um volante ou de um guidão, dedicam anonimamente as suas vidas para que pessoas e riquezas cheguem aos seus destinos com segurança. São eles os responsáveis por conectar pessoas e propiciar muitas histórias pelo Brasil afora.

A esses herois, o blogue MÚSICA DAS ANTIGAS dedica a coletânea "Cabine Comprida": uma série de vinte e cinco músicas, entre sucessos e tentativas, mas todas homenagens em memória dos motoristas brasileiros. Estes sim, herois sem qualquer dúvida.


Faixas:

01 Nilton César - Canção Do Motorista
02 Júlio Nascimento - Caminhão Amigo
03 Edson Wânder - Motorista De Ônibus
04 Oswaldo Bezerra - Regresso Do Caminhoneiro
05 Jairo Guerreiro - Motorista
06 Roberto Leão - Motorista De Ônibus
07 Betto Dougllas - Coraçâo De Carreteiro
08 Elino Julião - Xodó De Motorista
09 Cavaleiros Do Forró - Mulher Motorista
10 Gerildo Fidelix - Alô, Alô, Seu Motorista
11 Wilton Pitta - Melô Do Motorista (Que Zorra)
12 Júlio Nascimento - Carreteiro
13 Ribamar Neco - Motorista Do Amor
14 Gil Cleber - Motorista Do Carro Verde
15 Eldes Alexandre - Motorista De Lotação
16 Chico Leme - Carreteiro
17 Zé Batista - Motorista
18 Roberto Santos - Motorista Particular
19 Lucas - Motorista Particular
20 Julio Ferran - Motorista Da Carreta
21 Tarugo - Motorista Velho
22 Amaury Rocha - Sou Motorista
23 Marília Medalha - Motorista De Praça
24 José De Ribamar Fiquene - Motorista
25 Evaldo Braga - Eu Ainda Amo Vocês


VÁRIOS - (2016) AMOR, DEZ REAIS E O DINHEIRO DO TÁXI (DIA DO TAXISTA)

Outra categoria que vira e mexe aparece homenageada na música popular brasileira é a dos taxistas. E não só: vez ou outra, surgem também artistas oriundos da própria classe dos motoristas de praça. Não precisa de muita sorte pra pegar um táxi com outro artista por trás do volante.

No dia 25 de julho, também celebramos o dias deles: os taxistas. Por isso, a gente põe pra esses também herois brasileiros uma coletânea toda especial, mesmo porque todos os artistas já adotaram a categoria como xodó mesmo. É só ver a lista abaixo pra não se ter dúvida.

E nem precisa temer o Uber, colega taxista. A praça é pra todos, mas, herois, só vocês!...


Faixas:

01 Adelino Nascimento - Taxista
02 Alípio Martins - Táxi, Táxi
03 Kim Marques - Taxista
04 Odair José - Psiu! (Motorista De Táxi)
05 Júlio Nascimento - Taxista
06 Geraldo Nery - Motorista De Táxi
07 Jerry Adriani - O Seu Táxi Está Esperando
08 Meire Pavão - Chame Um Táxi (Taxman)
09 Robertinho Gomes - O Taxista
10 Teixeirinha - Chofer De Táxi
11 Ciro Do Forró - Corra, Taxista
12 Zezo Dos Teclados - Taxista
13 Pablo - Sou Taxista
14 Odair José - Táxi Aéreo
15 Amaro Martins - Ser Taxista
16 Júlio Nascimento - Moto-Táxi
17 Tigrão Do Brega - Taxista
18 Varal De Cabaré - Mototáxi Do Amor
19 Sergio Pastro - Motorista De Táxi
20 Adilson Ribeiro - Sou Mototaxista
21 Zé Ray - Moto-Táxi
22 Diva Angela Carlos - Taxista
23 Roberto Carlos - O Taxista
24 Angélica - Vou De Táxi
25 Falcão - Taxista

linque

JÚLIO NASCIMENTO - (2014) O MELHOR DE JÚLIO NASCIMENTO (12 SUPER SUCESSOS)

Júlio Nascimento, nascido em Colinas, Maranhão, é um cantor e compositor brasileiro que trabalha com a música brega.

Seu primeiro sucesso é a canção "Leidiane", com mais de um milhão de cópias vendidas em 1991. Seu segundo sucesso foi em 1992, com "Dalziza", do disco homônimo. Fez sucesso também com as músicas "Dinalva, "Chegada do Garimpo", "A Volta da Leidiane", "Caminhão Amigo", "Lídia" e "Vou Te Matar de Prazer". O seu terceiro disco foi gravado em 1993, e fez sucesso também com a musica "Sapatão". Seu quarto disco foi o CD "Em Ritmo de Seresta", que teve mais de um milhão de copias vendidas, O segundo álbum da série, "Em Ritmo de Seresta (Vol. 2)", também teve grande sucesso.

Em 1994, Júlio Nascimento gravou o CD "Júlio Nascimento (Vol. 4)", do qual se destacaram os grandes sucessos "Luana", "A Mãe da Leidiane", "Como Um Dia de Sol" e "A Volta da Dinalva". O CD "Júlio Nascimento (Vol. 5)" foi outro estouro nas paradas de sucesso, principalmente com as músicas "Corninho" e "A Prima da Dalziza". Logo após, veio o CD gravado ao vivo na cidade do Senhor do Bonfim (BA), "Júlio Nascimento Ao Vivo", disco que também fez bastante sucesso  nas rádios dos estados do Maranhão, do Piauí, da Bahia e do Pará. Júlio Nascimento teve ainda os CDs "Júlio Nascimento (Vol. 10)", "Júlio Nascimento (Vol. 11)" e "Júlio Nascimento (Vol. 12)" emplacados com os sucessos "Adriana", "Lábios de Mel", "Beijo Bom" e "Um Mundo de Amor".

Atualmente, Júlio Nascimento mora na Bahia. Tido como um dos maiores nomes do seu estilo na atualidade, o cantor nunca se intimidou por cantar músicas consideradas "bizarras", contando histórias de traição. Além disso, Júlio Nascimento possui o título de "O Cantor dos Garimpeiros", apelido atribuído devido ao grande sucesso nos garimpos. Apesar de não ter reconhecimento em âmbito nacional, é considerado pelo povão como "O Rei do Brega".

Júlio Nascimento já fez vários programas de TV, como Raul Gil, na Record e também no SBT; já fez grandes shows, com cantores como Amado Batista, Mastruz com Leite, Frank Aguiar, É o Tchan! e Léo Magalhães. Seu sucesso atual é a música "Zap Zap".


(Fonte: Wikipedia - adaptada.)


Faixas:

01 Sapatão
02 Use E Abuse De Mim
03 Estava Dormindo E Sonhei
04 Lindo Riso
05 Sandra, Meu Novo Amor
06 Volta Pra Mim
07 Caminhão Amigo
08 Diana
09 Bebo Apaixonado
10 Quero Te Amar
11 Leidiane
12 Não Adianta


JOSÉ ORLANDO - (2000) GRANDES SUCESSOS

José Orlando nasceu em Pedreiras, cidade do interior do Maranhão, no dia 11 de julho de 1954. Com quinze anos, mudou-se com a família para Fortaleza (CE), onde tudo começou. Ganhou um violão da mãe e aprendeu a tocar sozinho. Fez suas primeiras composições. Participou de programas de calouros e de festivais de música. Sempre destacando-se nos mesmos, em 1975, gravou sua primeira música como compositor, em parceria com o cantor Alípio Martins. Alípio foi o seu padrinho no primeiro LP, de 1981, intitulado "Cheiro do Povo", mas o sucesso só surgiu em 1983, com o LP "Declaração", também produzido por ele.

José Orlando realiza mensalmente uma média de quinze shows com a sua banda Pistoleiros do Amor, por todo Norte e Nordeste, principalmente nos estados Piauí, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas. Atualmente, jovens universitários e adolescentes curtem seus grandes sucessos e lotam as casas de shows para dançar. A tecnologia dos tempos modernos veio em seu benefício. Por meio da internet, em uma das maiores redes de encontros de amigos, (na época) o Orkut, tem uma legião de fãs que se comunicam e marcam os grandes eventos.

José Orlando já gravou com grandes intérpretes da música brasileira: cantores e cantoras, como Alípio Martins, Nando Cordel, Alcymar Monteiro, Fafá de Belém, Fernando Mendes, Maria Alcina, Genival Lacerda, Gian & Giovani, Sandro Becker; bandas, como Kaoma, Mastruz com Leite, Aviões do Forró, Cavaleiros do Forró e Forró do Mella Pinto.

Hoje, o "pistoleiro do amor" não "atira" mais para todos os lados. Casado e pai de dois filhos, José Orlando está feliz com sua vida. A carreira não tem mais aquele ritmo intenso. Morando atualmente em Fortaleza (CE), ele prefere dividir o tempo entre a família e os fãs. Com vinte e sete anos de carreira (em 2016, completou trinta e cinco), o compositor emplacou vários sucessos. O mais conhecido de todos, hoje, virou um hino para aqueles que adoram sofrer de paixão: "Pistoleiro do Amor".


(Fonte: Letras.com.br - revisada.)


Faixas:

01 Eu Quero É Namorar
02 Hei, Você! Psiu...
03 Meu Bem, Meu Bem
04 Menina Do Interior
05 Jura De Amor
06 Aqui É O Seu Lugar
07 Que Saudade De Você
08 Namoro Por Correspondência
09 Tenho Pena De Você
10 Tá Doendo?
11 Bye, Bye
12 Vem Me Namorar
13 Você Quer Amor?
14 Coração, Coração
15 Brincar De Amor
16 Guerra E Paz
17 Caprichoso E Garantido
18 Parabéns Pra Você
19 Alguém Vai Te Castigar
20 Princesa
21 Remelexo
22 Mulher Difícil O Homem Gosta


terça-feira, 26 de julho de 2016

AMILTON LELO - (1978) SÓ SUCESSOS DE AMILTON LELO

Mais uma pérola do cantor e compositor goiano, o saudoso Amilton Lelo. Pra quem estava sentindo saudades do mítico cantor brega por aqui, é hora de revigorar-se.

O álbum "Só Sucessos de Amilton Lelo", lançado originalmente no ano de 1978, é daqueles discos que se espera angustiado por décadas sem se cansar, até que uma bondosa alma se presta a compartilhar. Foi exatamente esse o sentimento nosso ao receber a joia rara em questão. Como a gente tá aqui mesmo pra escancarar as portas da legítima MPB ao mundo, vá lá embaixo no linque, baixe, comente, compartilhe e faça a festa.


(Agradecimentos à Perla Maria.)


Faixas:

01 Não Consigo Lhe Esquecer
02 Não Quero Que Ninguém Sofra Por Mim
03 Jamais Serei Feliz
04 Será Possível?
05 Águas Criminosas
06 Meu Único Amor
07 Jamais Perdoarei
08 Não Desejo Mal A Ninguém
09 Distante Do Meu Bem
10 Montanha Maior Do Mundo
11 Adeus, Meu Grande Amor
12 Vou Vender Meu Coração


segunda-feira, 25 de julho de 2016

PAULO DE PAULA - (1995) GRANDES SUCESSOS DE PAULO DE PAULA

Nesta segunda postagem do cantor Paulo de Paula, o MÚSICA DAS ANTIGAS resgata uma coletânea de 1995, pouco conhecida e também rara de se encontrar em lojas, ou mesmo em sebos. Não se pôde confirmar se é esta mesma sua capa original e também se é este o ano exato de seu lançamento, mas vale pelo registro e pelo seu caráter inédito. E muito, já que são bastante escassos os materiais do cantor no mercado, assim como na rede, em formato digital.

"Os Grandes Sucessos de Paulo de Paula" traz o cantor em sua melhor forma. Estão aqui os sucessos "Quarto de Mansão", "Revista Proibida", "O Homem das Rosas", "Triste Aniversário", "Não Somos Culpados", "À Procura da Paz", "Cama Solitária" e vários outros clássicos marcados na memória de muita gente.


Faixas:

01 A Primeira Vez
02 A Moça Da Piscina
03 À Procura Da Paz
04 Cama Solitária
05 Nosso Amor Ainda Existe
06 Acredite Mais Em Mim
07 Não Maltrate Meu Coração
08 Não Somos Culpados
09 Futura Separação
10 Nossa Canção
11 Quarto De Mansão
12 O Homem Das Rosas
13 Realidade
14 Triste Aniversário
15 Revista Proibida

linque

JULIO CESAR - (1985) OS GRANDES SUCESSOS DE JULIO CESAR

Júlio Cesar é o nome artístico de Roldão Benoni Ribeiro, nascido em São Sebastião do Paraíso (MG), em 5 de dezembro de 1942. Filho de Benedicto Alves Moreira e Luiza Dias Moreira, Júlio Cesar, dono de uma voz suave e aveludada, foi um ídolo romântico na década de setenta. Teve grande sucesso nos compactos simples e LPs que lançou, tais como: "Te Amo, Te Quero" (Forever And Ever), "Daniel", "Vou Te Buscar, Maria", "Tu" e "Viva o Nosso Amor".

Júlio Cesar se mudou quando criança para a cidade de Jandaia, no Paraná, onde estudou no Grupo Escolar Rui Barbosa. Cantou pela primeira vez, levado por Luiz Danna, locutor da instalação Rádio Luz (Serviço de Auto Falantes), ao "Eduardo Vida Leal Show". No programa, fez muito sucesso com a música "Porque Canta os Passarinhos". Emocionou muita gente pela extensão de sua voz. Ganhou muitos brindes e um prêmio de CR$20,00 (na época), por seu destaque, dinheiro que tirou seus pais do sufoco. Dias depois, foram, Júlio Cesar e família, morar na fazenda São Sebastião, em Marumbi (PR). Lá, seu pai foi trabalhar como pedreiro na construção de casas para colonos. Seu divertimento, ao levar almoço para seu pai, era cantar nos morros para ouvir o eco repetir sua voz, o que gostava e achava muito divertido.

Mais tarde, morando já em Mandaguari, ainda no Paraná, estudou no educandário da Sagrada Família de onde guarda boas recordações. O locutor da Rádio Guairacá, Mauricio Cadamuru, chamava Júlio Cesar de "O Garoto Prodígio", pois cantou muitos meses no Clube Mirim S-26, da rádio Guairacá, que transmitia o show diretamente do Parque Infantil municipal. Lá, Júlio Cesar cantou a música "Ave Maria" de Heroides de Campos. O Dr. Anibal Moisés Simões ficou emocionado e teceu vários comentários ao menino cantor, pois a música era de autoria de seu professor. Anos depois, Júlio Cesar passou a trabalhar na Rádio Guairacá como sonoplasta, função na qual permaneceu por dois anos, além de também fazer locução e apresentar programas. Cantou também com as Irmãs Maria e com Tercilio Men em circos da região, assim como de Marumbi e outras cidades.

Júlio Cesar se mudou para São Paulo (SP) em busca de chances, pois todos o incentivaram, devido ao seu talento como cantor. No clube Papai Noel, da rádio e TV Tupi, Julio César conheceu o professor Francisco Dorse, que o orientou e deu-lhe aulas de canto. Estudou durante meses e recebeu vários troféus. Meses depois, estava empregado na TV Tupi Difusora - Canal 3, como office-boy, no seu departamento de operações. Foi promovido para "boom man" e em seguida como sonoplasta, trabalhando durante quinze anos, até tornar-se cantor profissional.

Todos os discos de Júlio Cesar foram lançados em outros países. Em Portugal, pelas gravadoras Vadeca, de Lisboa, e Roda, localizada na cidade do Porto. Com distribuição para os EUA, Canadá, Moçambique, Angola etc. Em 2007, Júlio Cesar lançou o CD intitulado "O Último Café". Em 2011, apresentou-se no programa Eli Correa, da Rede TV.


(Fonte: Comunidade do cantor no Orkut - revisada.)


Faixas:

01 Tu (Du)
02 Daniel
03 Gaivota Solitária (Gabbiano)
04 Vou Te Buscar, Maria
05 Marie (Nunca Diga Adeus)
06 Voltarei (Tornerò)
07 Natali
08 Adeus, Maria (Adios, Marie)
09 Te Amo, Te Quero (Te Adoro, Te Espero)
10 Mona Lisa
11 Viva O Nosso Amor (All We Need Is Love)
12 Eu Preciso Ser Feliz (Sweet Sounds Oh! Beautiful Music)
13 Te Escreverei (Ti Scriverò)
14 Escreva-Me (Scrivimi)


VÁRIOS - (2005) TRIBUTO A MAURÍCIO REIS (20 SUPER SUCESSOS)

Ao relembrar a passagem da data de falecimento do grande cantor popular paraibano Maurício Reis, nos deparamos com uma homenagem já pronta ao ídolo, mais conhecido pelo codinome "O Poeta do Cravo Branco". No ano de 2005, a Polydisc, gravadora subsidiária da Sony, reuniu em uma coletânea-tributo diversos artistas populares para celebrar o ídolo comum, Maurício Reis, falecido no recente ano de 2000.

A dupla alegria está em poder ouvir ao mesmo tempo as clássicas canções de Maurício Reis e, ainda, nas vozes de outros grandes mestres da legítima MPB, como os cantores Augusto CésarRoberto MullerFernando LuizAssis CavalcantiJosé RibeiroTarcys AndradeCláudio AlexandreJosé Reis, além de seu filho Maurício Reis Jr,e outros nomes conhecidos. Cada um, a seu modo, reverenciando a vasta memória musical do imortal Maurício Reis.


Faixas:

01 Capricho Louco - Maurício Reis Jr.
02 Chorar Por Chorar - Augusto César
03 Farrapo Humano - Roberto Muller
04 Verônica (Veronica) - Rodrigo
05 Dançarina - Assis Cavalcanti
06 Quem Sabe Sou Eu - Conde E Só Brega
07 Fim De Noivado - José Ribeiro
08 Dona Do Meu Coração - Fernando Luiz
09 Locutor - Banda Camelô
10 Não Volte Pra Mim - Robson Ricardo
11 De Bar Em Bar - Walter De Afogados
12 Abandonado - Tarcys Andrade
13 Lenço Manchado - Mônica Carvalho
14 Mercedão Vermelho - Cláudio Alexandre
15 À Partida - Alberto Kelly
16 Me Deixe Ser Feliz - Banda Realeza Da Seresta
17 Amante Querida - Alexandre Carlos
18 Garçonete, Toque O Disco Do Waldick - Léo Bonny
19 Pedido Matrimonial - Banda Paixão Brasileira
20 E Esperarei Para Sempre - José Reis


JOSÉ RIBEIRO - (1999) A BELEZA DA ROSA (14 GRANDES SUCESSOS)

Há tempos, o cantor mineiro José Ribeiro não aparecia por aqui. Após um ano e meio de atraso, a gente posta esta coletânea com catorze dos principais sucessos de sua carreira. Desde o lançamento de seu primeiro compacto, no ano de 1968, contendo as músicas "Amor Não Custa Dinheiro" e "Me Casava Com Ela", lá se vão quarenta e oito anos de estrada.

As fases da carreira de José Ribeiro estão quase todas representadas aqui, por pérolas como "A Beleza da Rosa", "Um Amor Vai, Outro Vem", "Na Porta da Cozinha", "Suely", "Erro de Matrimônio", "Oração de Amor", "Meu Coração Que Não Te Esquece", "Canção dos Namorados", "Pensando Em Você" e várias do cancioneiro de mestre.


Faixas:

01 A Beleza Da Rosa
02 Um Amor Vai, Outro Vem
03 Na Porta Da Cozinha
04 Suely
05 Erro De Matrimônio
06 Um Par De Alianças
07 Oração De Amor
08 Nem Um Minuto A Mais
09 Meu Coração Que Não Te Esquece
10 Canção Dos Namorados
11 Pensando Em Você
12 Noite De Solidão
13 Perdoa, Amor
14 Pensando Em Mariza


segunda-feira, 18 de julho de 2016

PAULO SÉRGIO - (1987) PAULO SÉRGIO

O cantor e compositor Paulo Sergio faleceu no dia 29 de julho de 1980, vítima de complicações de um acidente vascular cerebral e, como é tradição, nós do MÚSICA DAS ANTIGAS prestamos nossas reverências.

Desta vez, a gente posta o disco-homenagem ao cantor, intitulado simplesmente de "Paulo Sérgio", lançado em 1987 pelo selo SBT, da gravadora Nova Copacabana. O disco trazia gravações do cantor em dueto com alguns dos principais artistas da chamada "Geração Romântica da MPB", como Antonio Marcos. Perla, Ricardo Braga, Angelo Máximo, Martinha, Jerry Adriani, Wanderley Cardoso, Marcos Roberto, e outros contemporâneos.

Paulo Sergio vive!


Faixas:

01 Última Canção (Part. Especial Antonio Marcos)
02 Capela (Part. Especial Chitãozinho & Xororó)
03 Índia (Part. Especial Perla)
04 Tristeza Do Jeca (Part. Especial Jair Rodrigues)
05 Minha Qualidades, Meus Defeitos (Part. Especial Ricardo Braga)
06 Desiludido (Part. Especial Angelo Máximo)
07 Quero Ver Você Feliz (Part. Especial Paulo Sérgio Junior)
08 Pelo Amor De Deus (Part. Especial Martinha)
09 No Dia Em Que Parti (Part. Especial Jerry Adriani)
10 Eu Te Amo, Te Venero (Part. Especial João Mineiro & Marciano)
11 O Amanhã Espera Por Nós Dois (Part. Especial Wanderley Cardoso)
12 Fujo De Mim (Part. Especial Marcos Roberto)


MARTINHA - (2010) GRANDES SUCESSOS

Martinha iniciou a carreira em 1966, como parte do movimento da Jovem Guarda, sendo anunciada carinhosamente por Roberto Carlos nas apresentações do programa como "Queijinho de Minas". Seu primeiro sucesso foi a composição, de sua própria autoria, "Eu Te Amo Mesmo Assim", gravada no mesmo ano, num compacto simples, que trazia ainda a música "Quem Disse Adeus Agora Fui Eu". Em 1967, teve a composição "Só Sonho Quando Penso Que Você Sente o Que Eu Sinto", gravada por Erasmo Carlos na RGE. No mesmo ano, lançou seu segundo compacto com as músicas "Barra Limpa" e "Não Brinque Assim", pela Rozenblit. Em 1968, obteve seu maior sucesso com a canção "Eu Daria a Minha Vida", de sua autoria, gravada por ela, inicialmente, e, depois, por outros artistas. Teve também composições gravadas por Roberto Carlos. Como cantora, conheceu grande êxito com a interpretação de "Última Canção", de Roberto Carlos.

Com o declínio da Jovem Guarda, assim como Roberto Carlos, Martinha passou a utilizar em seu repertório músicas românticas. Ao longo da década de 1970, participou de festivais internacionais em vários países da América Latina. Dessa nova fase de sua carreira, destacam-se as canções "Vai Ser Assim", de sua autoria e lançada em 1970, e "Pouco a Pouco", em parceria com César Augusto, sucesso de 1983. Em 1985, teve a composição "Vem Provar de Mim", em parceria com César Augusto, gravada por Chitãozinho & Xororó. No ano seguinte, a mesma dupla gravou "Queixas", outra de suas parcerias com César Augusto. Como compositora, teve músicas gravadas por intérpretes como Ângela Maria, Moacyr Franco, Wanderley Cardoso, Perla, Leno, Paulo Sérgio e Ronnie Von.

Ao longo da década de 1990, Martinha passou a compor para duplas sertanejas como Leandro & Leonardo e Chitãozinho & Xororó. Em 1992, Chitãozinho & Xororó gravaram "Nossa História". Em 1995, a cantora regravou as músicas "Nossa Canção", "Eu Daria Minha Vida" e "Última Canção" para a coletânea lançada pela Polygram em comemoração aos trinta anos da Jovem Guarda. No início dos anos 2000, passou a viver numa granja, na região da grande São Paulo (SP). (...)


(Fonte: Wikipedia - adaptada.)


Faixas:

01 Eu Daria A Minha Vida
02 Última Canção
03 Eu Te Amo Mesmo Assim
04 Que Homem É Esse?
05 Pouco A Pouco
06 Nossa Canção
07 Barra Limpa
08 Meu Vestidinho
09 Yesterday
10 Pior Pra Você, Bem Pior Pra Mim
11 Pelo Amor De Deus (Participação De Paulo Sérgio)


MARITZA FABIANI - (1967) MARITZA FABIANI (EP)

Maritza Fabiani iniciou a carreira ainda criança, aos dez anos de idade, fazendo mímicas na TV Paraná. Pouco depois, e na mesma emissora, passou a apresentar o programa "Petit Show". Em 1962, já no Rio de Janeiro (RJ), apresentou-se na TV Rio, no "Programa Jair Taumaturgo", fazendo uma mímica da música "Dateme Um Martelo", sucesso e performance da cantora italiana Rita Pavone, então em grande sucesso. Sua apresentação foi vista pelo produtor e compositor Carlos Imperial que, encantado com seu talento, apresentou-a ao produtor da Philips, João Araújo. 

Em 1965, gravou seu primeiro disco, um compacto simples com as músicas "Olá-lá" e "Para Vigo Eu vou". Em 1966, gravou seu segundo disco, também um compacto simples, que incluiu aquele que seria seu maior sucesso, a balada "Não Me Deixe Só". No outro lado do disco, estava a música "Procuro Um Anjo". No mesmo ano, suas gravações para "Não Me Deixe Só" e "Procuro Um Amigo", foram incluídas na coletânea "Os Novos Reis do Iê Iê Iê", da Polydor. Em seguida, transferiu-se para a CBS, gravadora mais voltada para o rock, ao contrário da Philips, e lançou um novo compacto simples com as músicas "Bang Bang" e "Society Em Brasa".

Em 1967, lançou novo compacto simples com as músicas "Quero Um Beatle de Presente" e "O Leilão". Em seguida, gravou um compacto duplo com as músicas "98x6", "O Leilão", "Cartinha" e "Quero Um Beatle de Presente". As músicas  "O Leilão" e  "Quero Um Beatle de Presente" foram incluídas na coletânea "Os Novos Reis do Iê Iê Iê (Volume 3)". Ainda em 1967, gravou o compacto simples "Era Um Garoto Que Como Eu Amava Os Beatles e Os Rolling Stones", em gravação que contou com acompanhamento do conjunto Brazilian Bitles, e "Que Seria de Mim Sem Você?". Teve ainda a balada "Cartinha" incluída na coletânea  "Os Novos Reis do Iê Iê Iê (Volume 4)". Em 1968, gravou mais dois compactos simples. No primeiro registrou "Quero Ter Você Perto de Mim". Já no segundo compacto, interpretou "Eu Tenho Um Segredo" e "O Que Foi Que Eu Fiz a Você?".

Ainda em 1968, então com dezoito anos de idade, decidiu abandonar a carreira artística. Porém, dois anos depois, retornou, gravando um compacto simples para a gravadora CID, produzido por Durval Ferreira, com as músicas "A Vida Espera Por Nós Dois" e "Estou a Lhe Esperar". Em seguida, tornou a abandonar a carreira, retornando em 1972, quando formou com a irmã Cristina a dupla Cris e Cristina que, no mesmo ano, lançou um compacto simples. A dupla gravou alguns discos e atuou até por volta de 1981. Em seguida, abandonou definitivamente a carreira artística para seguir a carreira de psicóloga, cantando esporadicamente para os amigos.


(Fonte: Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira - adaptada.)


Faixas:

01 98 x 6
02 O Leilão
03 Cartinha
04 Quero Um Beatle De Presente (I'll Try Anything)


EDUARDO ARAÚJO - (1996) MEUS MOMENTOS

Outro cantor e compositor que transitou com maestria pelos universos popular e roqueiro brasileiros e também aniversariante do mês de julho - do dia 23 - foi Eduardo Araújo. Eduardo, antes de formar parceria com sua futura companheira Silvinha, participou da banda de rock "The Playboys" e de diversos programas da Jovem Guarda. Durante os setenta e oitenta gravou diversos discos românticos com Silvinha, embora nunca tenha deixado o rock de lado.

Eduardo Araújo, desde fins da década de 80 aos dias de hoje, investe em sua carreira de cantor country.


Faixas:

01 O Bom
02 Vem Quente Que Eu Estou Fervendo
03 O Mundo A Teus Pés
04 Me Dê Um Beijo, Meu Bem
05 Goiabão
06 Golpe Do Baú
07 Ave Maria No Morro
08 Salve, Salve, Brasileiro
09 Deixa De Banca
10 Se Eu Gosto De Você E Você Gosta De Mim
11 Viva O Divórcio
12 Pot-Pourri: Meu Limão, Meu Limoeiro / Cabeça Inchada / Peguei Um "Ita" No Norte / É Só Pra Homem
13 Você
14 Pot-Pourri: De Papo Pro Ar / Chuá, Chuá / Maringá
15 No Rancho Fundo


RONNIE VON - (1994) MINHA HISTÓRIA (14 SUCESSOS)

Aniversariante do dia 17 de julho, o cantor Ronnie Von completou setenta e dois anos de vida em 2016.

O MÚSICA DAS ANTIGAS traz pros fãs essa boa coletânea do cantor, "Minha História", do ano de 1994, como celebração pela data. Ronnie Von, além de estar entre os grandes ícones da verdadeira MPB, também é dos principais fundadores do rock nacional e da psicodelia sessentista e setentista brasileira.

Então, um salve em dobro ao grande Ronnie Von!


Faixas:

01 O Carpinteiro (If Were A Carpenter)
02 Cavaleiro De Aruanda
03 Tempo De Acordar (I'll Cry My Heart Out For You)
04 Tereza Cristina
05 Meu Bem (Girl)
06 Eu Era Humano E Não Sabia
07 Aquela Mesma Canção
08 A Praça
09 Menina De Trança
10 Seu Olhar No Meu
11 O Pequeno Príncipe
12 A Catedral (Winchester Cathedral)
13 Escuta, Meu Amor
14 Colher De Chá


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores

A Patotinha (1) Abdias (2) Abílio Farias (7) Abílio Manoel (1) Absyntho (1) Adelino Nascimento (12) Adilson Ramos (8) Adriana (7) Adriano Santa Cruz (1) Agepê (1) Agildo Ribeiro (1) Agnaldo Rayol (2) Agnaldo Timoteo (17) Alcides Gerardi (1) Aldo Sena (1) Alípio Martins (14) Almir Ricard (1) Almir Rogério (7) Altemar Dutra (2) Amado Batista (18) Amelinha (1) Amilton Lelo (10) André Amazonas (1) Angela Maria (4) Angélica (1) Angelo Máximo (10) Anísio Silva (2) Antonio Carlos e Jocafi (1) Antonio Marazona (1) Antonio Marcos (21) Ary Lobo (1) Ary Toledo (1) Assisão (1) Augusto César (3) Babau do Pandeiro (6) Balthazar (7) Banda Cabeça Enfeitada (1) Barros de Alencar (12) Bartô Galeno (15) Bebeto (2) Benito di Paula (2) Beto Barbosa (6) Betto Dougllas (5) Biafra (7) Bianca (2) Bicho Véi do Brega (1) Boas-vindas (1) Borba de Paula (2) Canarinhos de Petrópolis (1) Capital do Sol (1) Carlito Gomes (3) Carlos Alberto (6) Carlos Alexandre (20) Carlos André (9) Carlos Colla (3) Carlos Gonzaga (2) Carlos José (1) Carlos Santos (8) Carlos Silva (1) Carmen Silva (12) Cast RCA (1) Cauby Peixoto (6) Célio Roberto (5) Cesar Sampaio (8) Chacrinha (1) Chico Amaro (1) Chico Lopes (1) Cid Moreira (1) Claudette Soares (2) Claudia (1) Claudia Barroso (11) Cláudia Telles (3) Claudio de Barros (1) Claudio Di Moro (3) Cláudio Fontana (4) Claudio Galeno (1) Claudio Roberto (3) Clemilda (1) Coro Infantil da FuNaBEM (1) Coroné (1) Coronel Ludugero (1) Cristiano Neves (1) Demetrius (1) Denis e Demian (1) Diana (18) Dicró (1) Dino Rossi (1) Discografia (14) Donizeti (2) Dory Edson (1) Dudu França (4) Ed Wilson (1) Édel Reis (2) Edelson Moura (1) Edson de Oliveira (1) Edson Duarte (4) Eduardo Araújo (3) Eli Correa (1) Eliana Pittman (1) Elino Julião (10) Elisângela (3) Elizabeth (2) Elymar Santos (1) Erasmo Carlos (7) Evaldo Braga (20) Evaldo Freire (8) Evinha (2) Fábio (1) Fábio Jr (9) Fafá De Belém (2) Falcão (7) Fernando Lelis (10) Fernando Luiz (5) Fernando Mendes (25) Franc Landi (1) Francis Dalva (3) Francisco Cuoco (13) Francisco Petrônio (7) Frankito Lopes (14) Fredson (6) Genghiskan (1) Genival Lacerda (9) Genival Santos (12) Geraldo Nunes (3) Giane (3) Gilberto Lemos (4) Gilberto Reis (1) Gilliard (14) Gilson (3) Gretchen (7) Harmony Cats (1) Heleninha (1) Heleno (5) Helio Portinhal (2) Hermes Aquino (1) Ismael Carlos (10) Ivan Peter (3) Ivon Cury (1) J. Aquino (5) Jacinto Limeira (1) Jair Rodrigues (1) Jane e Herondy (12) Jayne (1) Jerry Adriani (16) Jessé (1) Joanna (3) João Dias (1) João Gonçalves (2) João Só (1) João Viola (2) Joelma (9) Jorginho do Império (1) José Augusto (19) José Augusto Sergipano (1) José Orlando (4) José Ribeiro (8) José Roberto (5) Juanita (3) Juanita e Richard (3) Juca e Jeca (1) Juca Medalha (1) Julia Graciela (2) Júlio César (6) Júlio Nascimento (4) Kátia (13) Katia Cilene (1) Kleber (1) Lafayette (3) Latino (1) Leila (1) Leila Silva (1) Lenita Santos (1) Leno (2) Leno & Lilian (3) Leonardo (2) Lilian (9) Lindomar Castilho (17) Lindomar Lins (1) Lindú (1) Los Angeles (1) Luan e Vanessa (1) Luiz Américo (2) Luíz Caldas (1) Luiz Carlos Magno (3) Mamonas Assassinas (1) Mara (1) Marcelo (1) Marcelo Reis (4) Marcio França (3) Marcio Greyck (16) Marcio José (11) Marcos Roberto (10) Marcos Sabino (1) Marcus Pitter (1) Maria Alcina (3) Marinês (1) Mario Gomes (1) Maritza Fabiani (1) Marizinha (1) Markinhos Moura (3) Martinez (1) Martinha (7) Matogrosso e Mathias (1) Maurício Mattar (1) Maurício Reis (9) Maurinho da Mazzei (1) Maurinho Jr (1) Mauro Celso (3) Mauro Cotta (1) Mauro Sérgio (1) Meire Rose (1) Messias Holanda (4) Michael Sullivan e Paulo Massadas (2) Miguel Angelo (1) Miguel De Deus (1) Miltinho Rodrigues (1) Moacyr Franco (10) Nahim (3) Nalva Aguiar (6) Nelson Gonçalves (8) Nelson Montenegro (1) Nelson Ned (8) Nilton César (10) Nilton Lamas (5) Nora Ney (5) Noriel Vilela (1) Núbia Lafayette (10) Odair José (30) Onildo Almeida (1) Orlando Dias (4) Orlando Silva (2) Os 3 do Nordeste (1) Os Incríveis (2) Osvaldo Oliveira (2) Oswaldo Bezerra (5) Ovelha (5) Patrick (1) Paulo de Paula (4) Paulo Diniz (3) Paulo Henrique (2) Paulo Márcio (3) Paulo Moraes (1) Paulo Sergio (19) Peninha (9) Perla (19) Pholhas (1) Pinduca (3) Raimundo Soldado (9) Raul Gil (1) Raul Seixas (3) Raulzinho (1) Regina Duarte (1) Reginaldo Rossi (27) Renato e Seus Blue Caps (2) Ricardo Braga (11) Rita Cadillac (1) Ritchie (2) Roberto Barradas (2) Roberto Barreiros (2) Roberto Leal (6) Roberto Luna (1) Roberto Müller (6) Roberto Nunes (1) Ronaldo Adriano (6) Ronaldo Resedá (1) Ronnie Von (8) Rony Cardoso (1) Rosana (7) Rosemary (8) Rossini Pinto (1) Rufino (1) Sandra De Sá (1) Sandro Becker (4) Sara Sonaya (1) Sarajane (1) Sérgio Mallandro (9) Sérgio Reis (5) Sidney Magal (8) Silvana (1) Silvinha (2) Silvinho (3) Sol (2) Sueli (1) Sula Mazurega (1) Sula Miranda (1) Sylvinho (2) Tarântulas (1) Tarcys Andrade (1) Teixeira de Manaus (2) Tetê Espíndola (1) The Clevers (1) The Fevers (6) The Golden Boys (1) Tião Macalé (1) Tiririca (2) Tony Damito (3) Trio Esperança (1) Trio Irakitan (1) Trio Nordestino (1) Trio Xamego (1) Tutti-Frutti (1) Vanusa (12) Vários Artistas (120) Verônica Sabino (1) Vic McKenzie (1) Virgilio (1) Wagner Montes (2) Waldick Soriano (28) Waldir Ramos (3) Waldirene (6) Waleska (1) Walter Basso (3) Wanderléa (8) Wanderley Andrade (1) Wanderley Cardoso (8) Wando (14) Wilson Miranda (1) Yahoo (1) Zé Calixto (1) Zenilton (3) Zezinho Barros (1)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...